Como escolher um novo smartphone para comprar

“Qual é o melhor smartphone que eu poderia comprar hoje?” Esse tipo de pergunta é, de longe, o que nós mais recebemos aqui no TecMundo. Por esse motivo, decidi explicar passo a passo qual é o caminho que eu, como um dos responsáveis pelas análises do site, tomaria se quisesse adquirir um celular novo agora.

Não pretendemos declarar uma verdade universal ou algo escrito em pedra, mas sim fazer um guia para indecisos. Por isso, caso você discorde de alguma coisa ou deseje fazer alguma sugestão, sinta-se livre para aproveitar o espaço dos comentários. Nós agradecemos bastante.


Antes de ir para o primeiro passo, no entanto, é válido reforçar que você não comece a jornada de compra escolhendo uma marca específica. Sua experiência anterior com uma empresa específica deve sim ser levada em conta, mas é melhor que isso sirva apenas como critério de desempate. Mesmo uma companhia que tenha errado feio em algum aparelho pode aprender e melhorar bastante nas gerações seguintes – e o contrário também é verdadeiro.

Passo 1 – Escolha quanto pode gastar

A primeira coisa que você deve decidir é quanto vai desembolsar. Aparelhos de ponta custam caro e até um intermediário dos bons frequentemente passa de R$ 1,5 mil, o que não é algo barato. Quanto mais para baixo você for na escala de preços, mais simples os aparelhos, então por mais que existam aparelhos competentes na faixa de R$ 500 a R$ 1 mil, se você está limitado a esse valor não pode esperar que o smartphone rode de tudo sem um engasgo ou outro.

Em geral, os celulares de melhor custo-benefício atualmente estão entre R$ 1,5 mil e R$ 2 mil, mas é possível encontrar coisas boas por menos – especialmente ficando atento a promoções. Isso vale tanto para intermediários do ano atual quanto para tops de linha de gerações anteriores. Mesmo assim, não recomendo comprar aparelhos lançados há mais de 2 anos, porque por mais que eles pareçam bons a princípio, já estão defasados e sem garantia de atualizações.

dica smartphone comprar

Enfim, os smartphones que estão entre os mais caros têm mais chances de ser melhores, mas é bom saber que, quanto mais você sobe nas faixas de preço, menor é a diferença entre as vantagens que um celular oferece e as que você encontra nos que estão logo abaixo dele. Por esse motivo, é você quem terá que escolher qual é o seu limite.

Passo 2 – Se possível, planeje a compra

Sabemos que muitas vezes acontece um imprevisto e você acaba forçado a comprar um aparelho com pressa para não ficar sem, mas o ideal é realmente se planejar. Momentos como a Black Friday ou as liquidações depois da virada do ano, por exemplo, são ótimos para encontrar promoções em aparelhos lançados até uns 3 meses antes.

Dessa forma, se seu celular está começando a incomodar, não fique esperando que ele pife de vez. Comece já a pesquisar e, se possível, junte quanto puder para conseguir pagar o próximo à vista, o que garante o menor preço possível. Assim, mesmo que algo dê errado e você acabe tendo que parcelar, pelo menos terá dinheiro separado para as primeiras parcelas.

dica smartphone comprar

Também é nesse momento que você deve decidir se quer importar ou não – e aqui pode usar lojas como a GearBest, por exemplo. Comprar um celular desse jeito permite encontrar aparelhos excelentes com preços difíceis de bater, mas há alguns riscos. Com sorte, a entrega pode demorar apenas 15 dias, mas azar na alfândega pode fazer levar meses até a entrega, então é bom ter ao menos um reserva para segurar as pontas.

Além disso, você pode acabar sendo taxado e ter que pagar algo entre R$ 200 e 60% do valor da compra. Quem quiser importar sem correr esses riscos pode comprar de lojas de importados por meio de algum marketplace online. Elas acabam vendendo os aparelhos por preços ligeiramente mais caros, mas ainda pode valer a pena. Seja como for, caso o dispositivo importado quebre durante o uso, você terá que se virar para arrumar, porque não vai ter assistência técnica oficial por aqui. Você vai ter que decidir se vale a pena arriscar ou não.

dica smartphone comprar

Antes que alguém fale que estou demonizando importações, vamos deixar bem claro aqui: eu mesmo curto smartphones importados, mas não é só porque eu penso assim e conheço os riscos que todo mundo também sabe dessas coisas. Por isso, meu trabalho aqui é informar a todos igualmente.

Passo 3 – Escolha suas prioridades

Mesmo que você tenha hackeado a vida e conseguido dinheiro infinito para gastar, simplesmente não existe um smartphone que seja o melhor em absolutamente todos os quesitos, então você vai ter que decidir quais são suas prioridades.

Quer um celular bonitão com visual moderno ou não liga para a aparência se a câmera for melhor e mais inteligente? Deseja o hardware mais poderoso e a tela de maior qualidade para jogar e ver vídeos ou algo que aguente de tudo com uma bateria que dure mais? É isso que você vai precisa decidir neste momento. Sabendo em quais pontos você quer que o celular se saia melhor, fica mais fácil partir para o próximo passo.

dica smartphone comprar

Passo 4 – Pesquise exaustivamente

Agora que você fez tudo o que indicamos até aqui, é hora de pesquisar. Busque na internet quais são os melhores smartphones que custem no máximo o valor que você escolheu como limite. Clicando aquivocê encontra um comparador completo que pode ajudar neste momento, permitindo ver lado a lado todas as especificações dos modelos que te interessarem.

Depois disso, comece a ver vídeos e ler textos de análise sobre eles. Além de comparativos e tudo mais. No TecMundo, nós sempre nos esforçamos para ser o mais abrangentes que conseguirmos nos nossos reviews para que você possa confiar no nosso julgamento, mas recomendo que você também busque outras opiniões. Muitas vezes uma coisa que me incomodou em um celular não é algo que importa para outras pessoas, ou então eu posso ter dado sorte e não tive algum problema que afetou outras pessoas.

dica smartphone comprar

Quanto mais opiniões diferentes você tiver, mais chances de fazer uma escolha consciente, e menos chances de acabar se arrependendo depois. O que não falta é gente fazendo conteúdo de qualidade na internet. Também é válido perguntar para aquele seu amigo que curte tecnologia. Ou ainda é possível entrar em contanto com a nossa equipe por meio das redes sociais.

Passo 5 – Hora de decidir

Seguindo todos os passos, você provavelmente ou já se decidiu, ou está em dúvida entre algumas opções. Agora é a hora perfeita para falar com amigos que já estejam com o celular em questão faz um tempo e pedir para que passem a sua experiência – ou então ir em alguma loja física para ver o smartphone de perto e senti-lo na sua mão.

Também pode ser uma boa ideia ir até uma loja da sua operadora e ver se consegue algum desconto dependendo do seu plano de dados. Caso sua dúvida seja entre marcas diferentes, é nesse momento que vale escolher a fabricante em que você pessoalmente sentir que pode confiar mais para desempatar de vez.

dica smartphone comprar

Por fim, se tudo isso não tiver acabado com as suas dúvidas, você pode voltar para o passo de pesquisa, pedir para alguém escolher por você, comprar o mais barato ou então decidir na base de sorteio mesmo. Faça sua compra e seja feliz!

Opções de compra

Apple

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
 
 

Está precisando de ajuda? Converse Conosco 😍